quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Minha Opinião Sobre Voto Obrigatório

     A maioria das pessoas que conheço se quer pega um livro durante as férias para estudar, porém, no final de semana que antecede sua semana de provas, elas se preparam como nunca! O fato das provas serem obrigatórias e os alunos se prepararem para elas me fez pensar um pouco em política, mas por enquanto vamos continuar falando de estudos.

     Imaginem se prova fosse algo facultativo. Digo mais! Imaginem se os professores fossem avaliados pelo rendimento dos seus alunos nestas provas. Ou seja, faz a prova quem quer e o resultado pode afastar um professor ou mantê-lo lecionando.

     Em uma turma de 30 alunos, acredito que no máximo 2 fariam a prova sem serem obrigados (caso alguém pense que eu possa estar exagerando, basta fazer o um teste com amigos ou com colegas).

     "Mas e se eles não forem bem na prova", poderia pensar qualquer professor. É nesse caso, o professor "já era".
     "Bom e se eu conceder favores (livros, auxilio a conseguir vagas de mestrado, ajuda para conseguir vaga no estacionamento, etc) para uns 4 alunos e dizer para eles como fazer as provas? Ai, a maioria dos alunos iria gabaritar a prova e, logo, eu manteria meu emprego!", poderia pensar o professor corrupto. Bem, ai, o que os resultados diriam é que a maioria dos alunos foi muito bem e apenas alguns fazem parte do problema.

Conclusão desta história fictícia: caso a prova seja facultativa e o seu resultado afetasse o ensino (algo muito maior que uma prova) a realidade só seria apresentada se a maioria dos alunos fosse consciente ou se os professores não fossem corruptos, caso contrário uma prova obrigatória ajudaria a evitar corrupção e "forçaria" alunos sem consciência a estudar.


***


Caso eu não tenha sido claro em minha conclusão, vamos fazer uma equação:


Voto facultativo + eleitores conscientes + políticos honestos =
Noruega, Suécia, Holanda, Alemanha...
Voto facultativo + eleitores conscientes - políticos honestos =
Itália, França...
Voto facultativo - eleitores conscientes - políticos honestos =
África do sul, Cuba, Haiti, Bolívia*, Venezuela*...

Voto obrigatório + eleitores conscientes + políticos honestos =
Austrália, Bélgica...
Voto obrigatório + eleitores conscientes - políticos honestos =
Grécia, Egito...
Voto obrigatório - eleitores conscientes - políticos honestos =
Brasil, México, Chile, Singapura...


*Obrigam, mas quem não for não precisa justificar-se ou preocupar-se, pois não há nenhuma punição (é o pior modelo, uma vez que no papel é obrigatório, mas na prática é livre).

Um comentário:

  1. *** 1000 % de identificaçao com sua opiniao.
    abs

    ResponderExcluir